Micropigmentação de Sobrancelhas: 15 dicas imprescindíveis!!

By | 11 de dezembro de 2020| 0 Comments
A mulher será indenizada pelo erro de micropigmentação das sobrancelhas

Nós falamos aqui no blog anteriormente sobre as diferenças entre micropigmentação, composição permanente e microblading, mas e quando o assunto é Micropigmentação? Geralmente procuramos no Google para pesquisar por preços, clínicas  especializadas, técnicas apropriadas e os melhores produtos, não é mesmo? Se você está pensando em realizar o procedimento de micropigmentação de sobrancelhas, veio ao lugar certo, o que não falta são dicas.

1 – Há uma técnica ideal para cada rosto e design de sobrancelhas

É comum ver profissionais e clientes discutindo sobre qual é a melhor técnica de micropigmentação de sobrancelhas no mercado. No entanto, cada uma tem um resultado específico e pode ser utilizada com sucesso de acordo com a necessidade. A esfumada que ficou maravilhosa em uma pessoa pode não ficar boa em outra. Um bom designer de sobrancelhas pode indicar qual é a técnica mais indicada para o seu tipo de rosto.

Fio a fio

Como o próprio nome diz, o profissional desenha fios com a mesma cor, formato e direção dos fios naturais. É indicada para corrigir falhas e para mudança do design. Pode ser feito com tebori ou dermógrafo. Dura, em média, um ano.

Esfumada

O método, que lembra o efeito da sombra esfumada feita durante a maquiagem, proporciona  definição e realça as sobrancelhas. É indicado para quem tem mais pelos. Pode durar por um ano, dependendo dos cuidados diários.

Microblanding

Este método segue os mesmos procedimentos do método fio a  fio, mas é feito apenas com o tebori. Os fios são desenhados um por um, manualmente, com bastante precisão, de forma que se fiquem mais naturais possíveis no final. Pode durar até dois anos com os devidos cuidados.

Compacta ou maquiagem definitiva

A técnica é antiga e, apesar de estar ultrapassada, muitos ainda recorrem a ela pelo custo baixo e pela durabilidade. O pigmento é aplicado na epiderme como em uma sessão de tatuagem, garantindo que o desenho seja permanente. O resultado não é tão detalhado e natural como nos outros métodos descritos aqui.

2. Verifique o portfólio do profissional

“O grande segredo da harmonia do resultado é a noção estética da pessoa que fará o procedimento, assim como sua habilidade manual e experiência”, aconselha Natalia Cymrot, dermatologista especializada em tratamentos estéticos. Antes de decidir quem vai fazer o procedimento, é importante ouvir amigas que já tenham feito, pedir indicação, pesquisar e olhar as fotos dos trabalhos realizados por cada profissional, principalmente se a sobrancelha a ser micropigmentada for muito fina ou com muitas falhas – nesse tipo de sobrancelha, os erros ficam mais evidentes. Também é recomendado desfazer todas as possíveis dúvidas com o profissional antes de realizar o tratamento. Perguntar não custa nada, te deixa tranquila e evita mal-entendido.

3 – A qualidade do pigmento vai influenciar diretamente no resultado

Além da habilidade do profissional, a qualidade do pigmento é outro fator que vai definir o sucesso ou o fracasso do procedimento. Antes da sessão você deve perguntar qual marca de tinta será usada e se ela é aprovada pela Anvisa. Depois disso, faça uma pesquisa pela marca na internet para saber o que estão dizendo sobre ela. Quando chegar a hora da sessão, peça para ver o produto, confirme se é o mesmo que foi informado anteriormente e confira o prazo de validade. Vale lembrar aqui que qualquer tinta pode provocar reações alérgicas.

4. Use formatos que combinem com seu rosto

O formato do seu rosto precisa ser levado em consideração antes de tudo. Por exemplo, rostos mais quadrados pedem por sobrancelhas um pouco mais arqueadas, em forma de triângulo, e não ficam muito harmônicos com sobrancelhas retas. Rostos mais redondos combinam com sobrancelhas de curvatura mais acentuada, que dão uma alongada na face, enquanto rostos finos e longos precisam do oposto: sobrancelhas mais horizontais, sem muita curvatura. E, por fim, rostos ovais são democráticos e combinam com a maioria dos formatos de sobrancelha.

5 – Micropigmentação de sobrancelhas não é feita em estúdio de tatuagem 

A micropigmentação não deixa  de ser uma tatuagem, tendo em vista que são aplicados pigmentos que colorem camadas da pele. Muita gente recorre aos serviços de tatuadores para corrigir falhas e traçar outro desenho para as sobrancelhas, mas, no entanto, há algumas diferenças entre os procedimentos, como a profundidade em que a tinta é aplicada, os aparelhos utilizados e a durabilidade dos resultados.

Enquanto na tatuagem o pigmento é depositado na derme, segunda camada da nossa pele, na micropigmentação de sobrancelhas ele fica na epiderme, a camada mais superficial. Por esse motivo a tatuagem é definitiva e a micropigmentação tem prazo de validade e precisa ser retocada de tempos em tempos. Os aparelhos utilizados nos dois processos também são diferentes: tatuadores utilizam rotativas e esteticistas costumam utilizar o dermógrafo ou o tebori para desenhar os fios. As tintas usadas são específicas para cada técnica.

 

6. Dê preferência ao design natural

“Às vezes, a sobrancelha fica muito escura, com formatos geométricos demais e artificiais, ou ficam muito evidentes, grosseiras”, aponta Natalia. A dica aqui é: deixe aquela sobrancelha performática para momentos específicos, como festas e baladas. A micropigmentação deve ser pensada para o cotidiano, portanto, deve parecer o mais natural possível. Quando quiser uma sobrancelha bem marcada, é só usar o lápis ou sombra.

7 – Algumas condições podem impedir a realização do procedimento

Não são só pessoas alérgicas à tinta ou aos materiais utilizados  estão proibidas de fazer a micropigmentação. As clínicas sérias pedem para você preencher uma ficha de anamnese antes do procedimento, para sua própria segurança. Listamos outras doenças e condições que podem impedir a técnica:

Problemas de coagulação: como o procedimento causa pequenos cortes na pele, não deve ser feito por pessoas suscetíveis a sangramentos prolongados.

Câncer: se a pessoa estiver passando por alguma terapia que afete o sistema imunológico, como quimioterapia e radioterapia, por exemplo, não deve fazer porque o organismo terá dificuldade para cicatrizar a região atingida.

Portadores de HIV: não é indicada pelo mesmo motivo de pacientes com câncer, ou seja, um sistema imunológico fraco. Os procedimentos de segurança como uso de luvas e esterilização dos materiais impede a contaminação.

Hepatite: pessoas que ainda não se curaram não podem fazer.

Diabete: pode haver dificuldade de cicatrização e um médico deve ser consultado antes.

Gestantes: grávidas estão proibidas de passar pelo procedimento para não correr o risco de causar algum dano ao bebê, que pode ter uma reação alérgica causada pela tinta.

Alergias: quem tiver alergia aos componentes da tinta e dos anestésicos não deve fazer.

 

8. De olho na cor!

A micropigmentação deve ser feita na cor mais próxima da sobrancelha e dos cabelos da cliente. “Se ela é loira, não vai ficar natural usar pigmento preto. Mas a sobrancelha pode ser um ou dois tons mais escuro do que o cabelo – Se ele for loiro muito claro, por exemplo, os pigmentos podem ser acastanhados”, explica Natalia. O esteticista deve fazer testes de cor chegar na tonalidae certa junto da cliente, em um trabalho coletivo, para não haver arrependimentos depois.

9 – A duração varia de pessoa para pessoa 

A duração dos resultados serão visíveis depende do tipo de pele e da velocidade de renovação celular de cada pessoa. Técnicas e produtos utilizados, além de condições climáticas e cuidados pós-tratamento, também influenciam no prazo de validade da micropigmentação de sobrancelhas. A média de duração é de um ano.

 

10 – Micropigmentação de sobrancelhas não faz milagres

Se você quer corrigir falhas naturais ou causadas por doenças ou acidentes, esta é uma boa opção. Ela é ótima para disfarçar imperfeições e deixar a expressão mais natural. Há casos de pessoas que perdem praticamente todos os pelos (alopecia) e conseguem ótimos resultados com a técnica. Agora, se sua intenção é consertar o trabalho de outro profissional, como sobrancelhas com fios grossos demais ou desenho assimétrico, o ideal é passar por um tratamento de depigmentação ou esperar a tinta desaparecer naturalmente antes de passar por outra sessão. Sobrancelha fio a fio depois de uma esfumada que não agradou é outro pedido comum, mas que não tem bons resultados.

 

11 – O retoque depois da cicatrização é comum 

O período de cicatrização dura, em média, 15 a 20 dias. Nessa fase, o organismo está tentando recuperar a região onde houve a aplicação do pigmento e é comum que parte dele seja expulsa. O corpo o interpreta como um invasor e tenta se livrar dele. Por esse motivo, é comum que a maioria das pessoas tenha que voltar à clínica para fazer retoques. Geralmente, o prazo para retocar é de 15 a 30 dias e este trabalho não tem cobrança adicional.

12 – Se não cuidar, não vai durar 

Depois do procedimento é importante tomar alguns cuidados para que a pele cicatrize rápido e a tinta seja bem fixada.

  • Utilize uma pomada antiinflamatória e cicatrizante, que deve ser indicada pelo profissional que te atendeu.
  • Não retire as casquinhas que surgirem durante a cicatrização e nem coce.
  • Não lave as sobrancelhas nas primeiras 48 horas. Se precisar, limpe com soro fisiológico.
  • Fuja do sol nos 7 primeirosdias e use protetor solar após 48 horas. Saiba mais sobre a importância de usar o protetor solar depois de tratamentos estéticos.
  • Fique longe da piscina, da sauna e do mar.
  • Não utilize cremes à base de ácidos.
  • Não use maquiagem até cicatrizar totalmente.

13 – O design de sobrancelhas deve continuar mesmo após a micropigmentação

Os pelos nascerão normalmente após a micropigmentação e os cuidados básicos, como pinçamento, devem continuar. O ideal é que sejam feitos pelo mesmo profissional, para não correr o risco de estragar o trabalho anterior.

Depois de ser enganada e ter as sobrancelhas tatuadas, mulher teve que passar por despigmentação e passar por um processo legítimo de micropigmentação

14 – Sinais de que há algo errado

  • Sangramento durante ou depois da sessão
  • Coloração diferente da planejada: azul, verde e cinza são os resultados indesejados mais comuns
  • No caso do método fio a fio, o resultado não pode ser esfumado
  • Não pode aparecer quelóide
  • Demora na cicatrização

Tem mais dúvidas sobre micropigmentação de sobrancelhas? Deixe seu comentário ou AGENDE UMA AVALIAÇÃO GRATUITA para que possamos te ajudar a escolher a melhor técnica.

15. Cuide muuuuito bem da pele

Use hidratante e filtro solar todos os dias após o procedimento, e de preferência os recomendados pelo dermatologista, já que sua pele estará sensibilizada logo após a sessão. O filtro solar vai garantir que o sol não desbote a cor e que ela seja duradoura. O hidratante, principalmente durante o primeiro mês após a micropigmentação, vai ajudar a pele a se recuperar mais rápido, já que ela irá descamar nas primeiras semanas. Pra fecha, uma dica de ouro: se você fizer uso de algum ácido no rosto, não os utilize na região da micropigmentação. Na dúvida, pergunte ao dermatologista quais produtos você pode continuar utilizando após o procedimento.

Agora que você já sabe tudo sobre micropigmentação de sobrancelhas, encontre aqui os melhores produtos pra micropigmentação, enviamos para todo Brasil.

 

MAFMAKEUPHAIR

Produto Esterilizado por Raio Gama 

DISTRIBUÍDO: MF Importação E Exportação de Cosméticos e Acessórios Eireli
REGISTRO  ANVISA: 81574500003
Marca:  MF Makeup

Leave a Comment

Your email address will not be published.

WhatsApp chat